Refrigério e renovo

by

Trabalho. Família. Filhos. Compromissos. Faculdade. Contas. Trânsito. Doença. Falta de dinheiro. Problemas nos relacionamentos. Crise no casamento. Crise na economia. Violência. Depressão. Escândalos. Incerteza. Ansiedade. Stress… Os dias são maus, maus como nunca foram antes e vivemos com o motor girando sempre na capacidade máxima para responder a tantas demandas e pressões. Precisamos sempre de velocidade total, os giros do motor estão altíssimos, estamos correndo contra o tempo. A má notícia é que quando permanecemos em altíssima velocidade por muito tempo alguma coisa se parte, começamos a desmontar pelo caminho. Todos temos um limite e alguma coisa sempre se parte: a saúde, a mente, o espírito, o casamento, os filhos…

Ao longo das Escrituras vemos homens e mulheres chegando ao seu limite. Abraão, Moisés, Davi, Elias, Jeremias, Oséias… Como esses homens reagiram? Muitos deles pediram para si a morte, outros oraram com profunda amargura, vários deles flertaram com o desespero e todos, absolutamente todos sofreram… Fechamos os olhos para essas narrativas e cultivamos a ideia de que o crente é um Super Man, mas essa é uma mentira diabólica, insidiosa, perigosa e nefasta. O Criador nos fez criaturas limitadas, nos deu um corpo que tem necessidades legítimas e quando violamos esses limites começamos a gingar em uma dança com a morte.

Elias estava em alta rotação há um bom tempo e de repente algo se partiu. Jezabel enviou ameaças de morte. Elias sucumbiu e, indo ao deserto, pediu para si a morte (1Re 19). Gostamos de ver Elias triunfante no Carmelo mas fechamos os olhos para seu momento de desespero. Gostamos de ver Jesus realizar milagres, mas não engolimos bem sua oração embebida em aflição, suor e sangue no Getsêmani (Lc 22). Todos temos um limite. Qual é o seu? O que você vai fazer quando encontrá-lo? A boa notícia é que sempre que chegamos ao nosso limite o Eterno nos refrigera. Tanto no caso de Elias como no de Jesus um anjo enviado pelo Senhor trouxe fortalecimento, refrigério e renovo. Especialmente quando atingimos nosso limite, o Eterno manifesta seu cuidado. Deixe de lado a capa de Super Man, e receba d’Ele refrigério e renovo.

Pr. Jeferson C. Alvarenga

share

Recommended Posts