Essa Mesa é para Todos

Essa Mesa é para Todos
by

A Páscoa é de fato uma memória central para a nossa fé. Somos convidados a meditar no amor do Pai por nós quando lembramos da noite na qual o Eterno libertou seu povo do Egito, redimindo suas vidas através do sangue do cordeiro, e ao meditar nessa verdade somos impelidos a uma consideração sobre a questão da fé daquelas pessoas. Certamente havia entre aqueles que comeram do cordeiro e pintaram suas portas com seu sangue diferentes qualidades de fé: com certeza haviam aqueles que estavam confiantes no Eterno, cheios de fé de que aquelas instruções estavam ligadas a um grande ato do Senhor; outros devem ter seguido as instruções com certa relutância e dúvida, com uma fé pequenininha e até meio desanimados. Don Carson, comentando sobre este aspecto, afirma que a narrativa do Êxodo mostra que aquelas pessoas não foram salvas por causa da qualidade da sua fé mas por causa do objeto da sua fé. Isso quer dizer que tanto aqueles que tinham uma fé enorme quanto aqueles que tinham uma fé pequena foram salvos não por causa do tamanho da sua fé, mas por que colocaram sua fé – independentemente do tamanho dela – na pessoa certa: o Eterno, que os estava redimindo por meio do cordeiro pascal.

Logo, a Páscoa é uma mesa posta para todos. A última ceia de Jesus com seus discípulos foi um jantar de Páscoa e revela de maneira profunda essa verdade, pois havia entre os convidados discípulos que estavam com medo, outros estavam ansiosos, outros estavam duvidosos e alguns deveriam estar confusos. No entanto, Jesus não levou em conta os diferentes níveis de fé, apenas os acolheu com sua graça e disse: “Comam todos, bebam todos”, apontando para os elementos do pão e do vinho que significavam seu sacrifício que seria entregue dali a alguns instantes por eles. Independentemente de como você tem vivido, acredite: existe lugar nessa mesa para você pois a mesa de Jesus é para todos! Venha, assente-se, tire os sapatos dos pés e sinta-se a vontade para desfrutar do banquete da graça em Cristo.

Pr. Jeferson

share

Recommended Posts