Santo em casa…

Santo em casa...
by

Geralmente nosso lar é o lugar no qual mais revelamos quem realmente somos. O cotidiano e a intimidade geralmente fazem com que mostremos nossas opiniões, sentimentos, convicções e atitudes sem qualquer verniz. Talvez seja essa a razão de uma constatação triste mas verdadeira: a família é o lugar no qual nos revelamos como pessoas pecadoras, criaturas caídas. As fissuras de nosso caráter, nossos erros e limitações costumam ficar expostos. As vezes até conseguimos manter uma boa imagem para as pessoas de fora, mas é impossível atuar 24 horas por dia dentro de casa. Muitas vezes aquele cara que é bonzinho na rua, dentro de casa mostra quem realmente é.

Você conhece o ditado: “Santo de casa não faz milagre…”. Pois bem, eu conheço outro ditado: “Santo em casa? Só por um milagre…”. Viver como um cristão verdadeiro dentro do lar, com o cônjuge, com os filhos ou com os pais é realmente um dos maiores desafios da vida cristã. Podemos agir como boas pessoas dentro da igreja, na rua, com os amigos, mas é dentro de casa — nas longas horas de convivência — que nosso amor, nosso perdão, nossa misericórdia e paciência vão ser exigidos e provados. Por isso só conseguiremos ser santos dentro de casa se o Eterno fizer um poderoso milagre de transformação em nossas vidas!

A boa notícia é que tudo que era necessário ser feito já foi feito por nós na cruz do Calvário. Ao morrer em nosso lugar, ao morrer a nossa morte, Jesus abriu caminho para vivermos a sua vida! A vida de Jesus agora pulsa em nós, reconstruindo nosso caráter, cada área de nossa vida, e reconstruindo também nossos relacionamentos. Paulo nos lembra que a morte de Jesus nos reconciliou com Deus mas também nos reconciliou uns com os outros (Ef 2.11-18). De fato, o milagre que precisamos para vivermos como santos em casa é Cristo vivendo em nós, nos ensinando a viver como Ele.

Pr. Jeferson C. Alvarenga

share

Recommended Posts