COMO ESTAMOS INDO?

by

Quando vamos ao médico e precisamos avaliar nossa saúde iniciamos uma bateria de exames que dizem como nossa saúde está: exame de sangue, nível de colesterol, pressão sanguínea e por aí vai. É preto no branco: bons exames, boa saúde; exames ruins, estado de atenção.  Outros tipos de avaliação são igualmente concretas, tangíveis, do tipo preto no branco. Quando falamos em avaliar nossa relação com Deus as vezes a coisa se torna mais difícil pois ninguém inventou ainda um “espiritualômetro” que meça nossa espiritualidade. Contudo, o Senhor Jesus deixou claro que é possível avaliar a nossa caminhada com Deus de maneira bastante confiável em suas cartas as igrejas da Ásia Menor no início do livro de Apocalipse (Ap 2 e 3). Nessas cartas aprendemos duas coisas. A primeira é que a única pessoa que tem condições de fazer uma avaliação profunda e precisa é o próprio Senhor Jesus. Não devemos confiar em nossas próprias impressões, pois muitas vezes nos enganamos achando que está tudo bem! (Ap 3.17). A segunda realidade que aprendemos é a importância de avaliarmos nossa caminhada com Deus: é essencial orar a Jesus pedindo que nos ajude a ver como estamos indo!

John Owen desenvolveu em seus escritos o que mais tarde foi chamado de “Devoção Trinitária”, que significa tomarmos consciência de nosso relacionamento com Deus em termos de sermos filhos do Pai, discípulos do Filho e templos vivos do Espírito Santo. Falando nisso, como está seu relacionamento com o Pai? Você tem experimentado o que significa ser seu filho amado? Você tem descansado no seu amor, obedecido ao seus comandos? Como está seu relacionamento com o Filho? Você tem sido um discípulo humilde, um aluno zeloso? Você tem reproduzido a vida de Jesus em você? Como está seu relacionamento com o Espírito Santo? Você tem buscado intimidade com o Consolador na vida de oração? Nós precisamos de coragem para avaliar nossa caminhada com Deus, coragem para perguntar: “Como estamos indo?”.

share

Recommended Posts