TEMPO DE RECONSTRUIR NOSSA COMUNIDADE

TEMPO DE RECONSTRUIR NOSSA COMUNIDADE
by

Suponhamos alguém te pergunte: “O que é a igreja e qual a sua missão?”. É possível que você ficasse paralisado, não é verdade? Nós somos tão “igrejizados” (e nasceu uma palavra nova na língua portuguesa) que não pensamos no que de fato é a igreja e qual a sua missão. Pode ser que ao tentar responder, acabássemos elaborando o que geralmente as pessoas pensam ser a igreja. Para uns a igreja existe para prover rituais religiosos, para fazer a manutenção de nossa vida religiosa por meio de cultos e cerimônias e tals. Para outros, a igreja tem o propósito de nos animar diante das lutas, nos encorajar e motivar, nos dar ânimo e força. Já para algumas pessoas a igreja provê boa música, boas mensagens, um culto inspirador e serviços religiosos.

Cada uma dessas leituras tem seu ponto válido, mas há uma coisa em que todas erram conjuntamente: todas elas centram o propósito da igreja na própria igreja. Sim, é um jeito de pensar para dentro, autocentrado, voltado para os membros. Alguém dirá: “E qual o problema disso? A igreja deve pensar em seus membros”. É verdade, a igreja deve pensar em seus membros mas me parece que na maioria dos casos a igreja pensa APENAS em seus membros. E mais uma vez, qual é o problema? O problema é que essa definição de uma igreja voltada para si mesma é exatamente oposta a definição de igreja da única pessoa no mundo que de fato tem autoridade para definir o que a igreja é e qual a sua missão: o Senhor Jesus, aquele que edificou a igreja sobre fundamento de sua própria morte e ressurreição (At 4.11,12). E como Jesus definiu a igreja? Jesus disse que a igreja seria sua testemunha aqui, ali e lá (At 1.8) e a enviou a fazer discípulos de todas as as nações (Mt 28.18-20). O Senhor Jesus nos chamou para ser uma igreja que olha para fora, uma igreja que ele deu ao mundo como sua testemunha! Da mesma forma como o Pai enviou o Filho ao mundo em uma missão redentora, o Filho nos envia ao mundo com uma missão de ser sua presença histórica e proclamar o Evangelho. Que o Espírito Santo possa reconstruir nossa paixão pela missão e nos levar a experimentar uma grande reforma!

share

Recommended Posts